• É um benefício criado pelo Governo Federal e corresponde a um desconto na conta de energia elétrica, concedido aos primeiros 220 kWh consumidos mensalmente por clientes residenciais.
  • Consumo mensal até 30kWh - 65%
    Consumo mensal de 31 kWh a 100 kWh - 40%
    Consumo mensal de 101 kWh a 220 kWh - 10%
    Consumo Superior a 220 kWh- 0%

    O desconto da Tarifa Social de Energia Elétrica varia de acordo com a faixa de consumo de energia. Isso quer dizer que, quanto menor for o consumo, maior será o desconto na sua fatura.
  • Famílias que se enquadram em um dos critérios:

    - Inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, com renda familiar mensal, por pessoa, menor ou igual a meio salário mínimo nacional;

    - Inscritas no Cadastro Único com renda mensal de até três salários mínimos, com pessoa portadora de doença ou patologia em que o tratamento ou procedimento médico exija o uso continuado de equipamentos que funcionam com energia elétrica
    Obs.: O cliente que se enquadrar nesse critério, deve apresentar também um relatório e atestado subscrito por profissional médico, e o atendente deve marcar o "check in box" uso de aparelhos. A apresentação dessa documentação pode ser feita presencialmente em uma Agência de Atendimento ou através de fax e e-mail, nos casos da Central de Atendimento.

    - Usufruem do Benefício da Prestação Continuada da Assistência Social (BPC), do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social)
    Obs.: Quem pode possuir o BPC? Idoso com idade de 65 anos ou mais, cuja renda mensal familiar per capita seja inferior a ¼ (um quarto) do salário mínimo vigente ou Pessoa com Deficiência incapacitada para a vida independente e para o trabalho e cuja renda mensal familiar per capita seja inferior a ¼ (um quarto) do salário mínimo vigente.

    - Família indígena ou quilombola
    Obs.: No caso de indígena, o CPF e o documento de identificação podem ser substituídos pelo Registro Administrativo de Nascimento Indígena – RANI. Elas terão direito a desconto de 100% (cem por cento) para os primeiros 50 (cinquenta) kWh/mês consumidos e também será aplicado esse mesmo desconto quando for faturado o custo de disponibilidade.
  • O cadastro da sua família pode ser solicitado em nossa Central de Atendimento 0800 722 7272 ou em nossas Agências, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, observando que tal pedido será avaliado. A "efetivação" ou não "efetivação" do cadastro na Tarifa Social será informada ao cliente por meio de correspondência.
  • Sim. Para continuidade do desconto na tarifa de energia elétrica, os consumidores que receberem o comunicado, deverão realizar o recadastramento. As concessionárias deverão, obrigatoriamente, pelo menos uma vez por ano, verificar se os beneficiados com a tarifa social de energia elétrica atendem aos critérios estabelecidos no Artigo 146 da Resolução 414/10 para continuidade do desconto. Para não perder esse benefício, o cliente deverá manter seu cadastro ativo e atualizado. Se você recebeu uma carta da Energisa junto com a sua fatura, solicitando a atualização do seu cadastro, fique atento e entre em contato conosco, através dos nossos canais de atendimento.
  • Depois de inscrito no Cadastro Único, o responsável pela família deve solicitar na Energisa o recebimento da Tarifa Social de Energia Elétrica e apresentar os seguintes documentos: clique aqui para visualizar a lista completa .